Esta Linha de Pesquisa objetiva a compreensão das questões simbólicas, materiais e organizacionais em relação às manifestações de controle de poder nas sociedades. Sua especificidade é determinada pelo entendimento de que as imagens, mitos, visões de mundo, discursos, e diversas formas de interação e representação social podem ser entendidas como agentes dos processos de modelagem de comportamentos, hábitos e ações individuais e coletivas e da legitimação do poder.

Entendendo que a manutenção do poder, seja ele exercido de forma direta ou indireta, necessita de uma constante manifestação imaginária, simbólica e comportamental, de forma a inibir condutas não desejadas ou encorajar ações benéficas ao padrão escolhido, estes temas têm o intuito de compreender as diversas formas que as relações de poder podem assumir e as ferramentas que elas utilizam para atingir seus objetivos ou reforçar sua autoridade.

Artigos: