– Hearth Culture: Galaica (Ibero-Céltica)

– Divindade da Ocasião: Brigantia

– Gatekeeper: Navia

– Oferendas: Para Brigantia, leite e derivados. Para Navia, avelãs. Para os 3 Kindreds, óleo de essência.

– Preparativos: Meios para acender o fogo; madeira, ou vela, fósforos, álcool. Água para purificação. Recipiente para as oferendas. Ramos de trigo e fita/ barbante para a Brigid’s Cross.

Rito

  1. Organizar o local
  2. Interiorização: Meditação dos Dois Poderes.
  3. Início – Anunciar o propósito da cerimônia e saudar a Deusa Terra:

“Sagrada Terra que de tudo é ventre, nós te saudamos. Viemos hoje celebrar Brigantia, na festa de Ambiuolcia.”

  1. Purificação: Aspergir água na face dos participantes 3 vezes repetindo:

“Que a água da fonte te torne puro e digno da presença dos sagrados.”

  1. Estabelecer o Centro/Omphalos/Nemeton:

“No centro do mundo nós nos erguemos, Perante a Árvore Sagrada, na Firme Terra enraizada.

Diante da Fonte da Sabedoria, do Encantado Mar emanada.

E acendemos o Fogo da Inspiração, dos Céus Brilhantes a dádiva.”

  1. Acender o fogo:

“Nós acendemos o fogo para a glória e a presença de Brigantia.

Que a inspiração nos guie, e a força do carvalho sustente e defenda o nosso lar.”

Ofertar óleo a Brigantia.

  1. Abrir os Caminhos entre os Mundos:

“Ó, Navia, 3 vezes divina,
Vinde a nós em tua barca,
Pelo fino véu de névoa
que ao teu leito,
Sagrado rio, cobre.

Envolve-nos, ó, Navia,
No encanto destes fluidos,
Para que possamos
Entre os mundos navegar.”

– Ofertar a Navia.

  1. Convidar os 3 Kindreds:

“Deuses poderosos, nós os convidamos para esta celebração. Abençoem-nos com sua presença.”

– Ofertar.

“Honrados ancestrais, nós os convidamos para esta celebração. Abençoem-nos com sua presença.”

– Ofertar.

“Nobres vizinhos, nós os convidamos para esta celebração. Abençoem-nos com sua presença.”

– Ofertar.

  1. Louvor a Brigantia

“Do Bom Deus nascida, nas chamas envolta. A puríssima dama de inspiração, vem ao mundo trazer o dom da arte e da criação. É Brigantia, da face bela, senhora da poesia. É Brigantia da face feia, senhora do lamento. Seja bem-vinda em nosso lar, a mais brilhante entre as deusas.  Matrona de ferreiros, bardos e curandeiros, ó, Brigantia, aceita estes presentes.”

– Ofertar.

– Colocar a Brigid Cross do ano anterior no fogo. Dispor do material para a nova e confeccioná-la orando, repetidas vezes, até terminar:

“Brigantia da lareira,
Esteja sempre em nosso lar,
No centro a aninhar.

Deusa Altíssima,
Conceda-nos saúde,
E a tua proteção.

Donzela Alvíssima,
No frio seja calor,
Alento e inspiração.”

  1. Pedir as bênçãos:

“Brigantia, abençoa esta arte. Para que seja sempre símbolo da tua presença em nosso lar. Que o teu fogo queime sempre em nossa mente, que tua pureza flua sempre em nossos corpos sãos, e a força do carvalho esteja em nossas intenções. Brigantia, desfrute esta noite, da nossa hospitalidade.”

  1. Augúrio: Divinação concernente à aceitação das oferendas e à estação por vir:

– Skrying através do fogo.

  1. Agradecimentos e Despedidas:

“Nós agradecemos, Brigantia, por tuas bênçãos, e renovamos nossos laços por mais um ano.”
“Deuses Imortais, agradecemos a vossa atenção, e por hora nos despedimos.”
“Sábios Ancestrais, agradecemos a vossa atenção, e por hora nos despedimos.”
“Bons Vizinhos, agradecemos a vossa atenção, e por hora nos despedimos.”

  1. Fechar os caminhos:

“Navia sagrada, nós agradecemos o teu auxílio e pedimos, que possamos aportar em segurança. Que os caminhos entre os mundos se fechem por hora.”

  1. Encerramento

“O sagrado triskle se desfaz, e findamos este rito, nas graças da terra que é nossa mãe.”

Pós Rito

– Banquete.