Divindades da Soberania

 

Palestra: A Personificação da Soberania na Antiguidade Celta Irlandesa

Resumo: Dentre o amálgama de saberes e crenças que compõe a Cultura Celta da Idade do Bronze e do Ferro, está a crença em Divindades da Soberania. Estas deusas são alegorias típicas da mentalidade céltica, elas se apresentam intrinsecamente ligadas à posse sobre o território, à soberania sobre este, e ao poder de conceder ou retirar a tutela das aristocracias guerreiras. Neste sentido personificam a própria terra, como rainhas e guerreiras. Esta palestra destina-se a conceitualizar a soberania, como ela se apresenta e como ela se manifesta e exemplificar algumas das Divindades da Soberania, apontando-as através da Mitologia Celta, Literatura Vernacular, e Arqueologia na Antiguidade da Irlanda.

 

Palestra: Macha: A Soberania Encarnada

Palestrante: Marina Holderbaum

Resumo: A soberania no mundo Celta Irlandês era personificado por deusas soberanas, que concediam ao soberano o direito de reinar, mas que se fossem traídas não tardariam em demonstrar sua ira. A deusa Macha é um exemplo da personificação da soberania na figura da divindade feminina em sua forma mais justa e bruta. Ela sempre aparece na mitologia como uma mulher forte e determinada, mas em um de seus mitos, em especial, ela se comporta como a própria soberania, determinando quem deveria ou não ter direito ao trono. Este é o mito principal que iremos explorar, pois expõe claramente seu papel enquanto divindade da Soberania. Veremos ainda como outro mito exemplifica a traição à soberania e qual o resultado disso. Macha nos permitirá entender como este povo entendia a soberania e como através de seus mitos ela ensina como um rei deveria se comportar diante dela.

 

Palestra: Boann: Soberana do Vale do Boyne

Palestrante: Ana Elisa Bantel

Resumo: O Vale do Boyne foi cenário desde o início da agricultura na Irlanda, durante o Neolítico, da edificação do maior complexo megalítico da Europa, com seu ponto principal em New Grange, a chamada Brú na Boinne, morada da deusa Boann. Através do estudo da Mitologia Celta e do folclore irlandês centrados neste complexo e no território no qual está inserido, além dos mais recentes estudos arqueológicos ali desenvolvidos, esta palestra busca retratar a deusa soberana do Vale do Boyne, Boann, assim como os cultos religiosos e o aspecto cultural e identitário que estes monumentos tiveram para os Celtas que habitaram a região durante a Idade do Bronze e do Ferro.