Véspera Samhain

  • Nenhum fogo mais pode ser aceso a partir do por do sol da véspera até o por do sol do dia de Samhain
  • Oferenda de mingau de aveia ao Bom Povo, em um buraco feito na terra.
  • No jantar, deixar um prato servido aos antepassados
  • Artigos para o frio podem ser pendurados pela casa, segundo o folclore, os antepassados podem passar e vestir se desejarem e ou sentirem frio.

Dia do rito

  • Retirar o Parshell antigo da porta, para queimar na fogueira do Samhain.
  • Confecção dos novos Parshells com madeira de carvalho e lã vermelha. 

Após rito

  • Antes do fogo apagar, acender uma vela e trazer para casa, pois o novo fogo já pode ser aceso.
  • Recolher um pouco de cinzas do fogo sagrado, que podem ser utilizadas para fertilidade e proteção no próximo ano.

Liturgia Samhain 2015

Oferenda aos seres locais (1)

“ Seres desta terra,
Vozes e ventos desta clareira,
Eu reconheço a vossa soberania sobre este lugar,
E como forma de vos honrar, eu lhes dedico esta oferenda.
 
Peço permissão para que aqui o meu ritual ocorra,
Para que o Sagrado seja honrado,
Contando com vossa permissão e proteção!’’

Oferenda: leite

Meditação dos três caldeirões, ADF

Acendendo o Fogo Sagrado

Lançar zimbro no fogo e andar em volta três vezes para purificação, na terceira voltar, dizer:

“ Com o três eu inicio.” 

Estabelecimento do Centro do ritual

“Eu clamo pela Antiga Terra abaixo de mim (baixar as mãos),
Morada dos seres,
E estabilidade que sustenta minha casa;
 
Eu clamo pelo profundo Mar ao meu redor, (elevar mãos para os lados)
Águas da morada dos Ancestrais,
E a vida que corre em minhas veias;
 
Eu clamo pelo imenso céu sobre mim , (erguer as mãos)
Reino brilhante dos Deuses,
O firmamento do Sol,
 
Que os reinos sagrados se unam em triskle,
E que o meu rito seja a vossa intersecção!
 
Que seja anunciado em todos os cantos,
Por todos os reinos,
Que hoje é o dia de Samhain,
A renovação dos mundos,
A honra aos Ancestrais,
A chegada de um novo tempo!
 
Sláinte, Talam, Muir agus Nem! (2)

Permissão ao Outro Mundo

Por a pedra “cabeça de Manannán” no Oeste. (3)

“ Manannan Mc Lir,
Senhor dos portões do Outro Mundo,
Guardião divino,
Senhor das Brumas,
 
Diante desta pedra sagrada,
Que a partir de hoje lhe representa,
E será a âncora entre os mundos,
E a marcação por onde os portões se abrem,
 
Eu peço vossa permissão para acessar o Outro Mundo,
Eu peço que dissipe as brumas,
Pois venho somente com intenções de honrar o Sagrado,
E celebrar o novo que se inicia!
 
Senhor do Mar de Éire,
Aceite a oferenda que te trago,
E a honra que lhe dedico!
 
Manannan, Osclaítear na geataí! (4)
Sláinté, Manannan! ‘’

Tocar concha três vezes.

Oferenda: Vinho, aos pés da pedra.

Aumentar o fogo 

Convite aos Deuses

“Ouçam-me, oh Deuses Antigos,
Brilhantes Deuses das muitas artes,
Inspiradores de meus ancestrais,
E sábios das ilhas ao norte do mundo,
Eu vos convido para a minha celebração de Samhain,
Para a chegada do novo,
Que a vossa luz se faça presente,
E que vos recebam as oferendas que vos trago,
De maneira respeitosa. 

Fóircet, Déithe!”

Oferenda: Cerveja

Convite aos Ancestrais 

“O sangue dos meus Ancestrais corre em mim,
A proteção dos meus Ancestrais me rodeia,
Venham, oh honrados ancestrais,
Da terra dos mortos, do Outro mundo,
Venham receber as oferendas que vos trago,
Imbuídas da honra que vos dedico! 
Venham dançar comigo deste lado,
Neste dia, que é um dia sagrado,
Onde juntos podemos dançar!’’
 
Sejam bem vindos!
 
Oferenda: Bolo de aveia 

Convite ao Povo do Sidh

“Dos sagrados montes, poços e árvores de Éire,
Eu convido o bom povo,
Para este rito se juntar,
E a sua oferenda receber!
 
Seres encantados,
Que hoje passeiam pelos mundos,
E distribuem vossa generosidade,
Aceitem a honra que vos dedico!
 
Fóircet!”

Oferenda: Leite com Mel 

Bênçãos do Parshell20150503_180358

Diante do fogo sagrado, pegar o parshell do outro ano e se concentrar em –no máximo- 03 coisas que seja desejado que fique no ano velho. Após isto, lançar o parshell no fogo, dizendo:

“Um ciclo é encerrado para que o outro possa começar,
Que o ruim pertencente ao passado, fique por lá,
Este dia não pertence nem ao novo, nem ao velho,
Mas o que é agora queimado, para o passado é enviado!”

Pegar os novos parshells e passá-los diante da fumaça, dizendo:

“ Um ciclo é encerrado para que o outro possa começar,
Que a proteção seja renovada,
Este dia não pertence nem ao novo, nem ao velho,
Mas o que é agora abençoado, para o futuro é enviado!”

Libações

Libações para Ancestrais específicos são feitas.

Libação: Vinho 

“À (dizer nome do parente),  uma honra (fazer a libação)
 À (dizer nome do parente), uma honra ( fazer libação)
(e assim por diante, quantos forem os ancestrais específicos a serem honrados)
 
Vocês todos caminharam antes de mim nesta terra,
Sua honra e força assegurou minha continuidade e tradição,
Em nome dos nossos familiares vivos, eu honro os familiares mortos! ‘’

Divinação

Fazer a leitura dos augúrios.

Fogo

Acender vela para levar o fogo para casa e dele acender o fogo necessário

Encerramento

 “A roda novamente gira,
Os tempos de Samhain estão de volta,
Os seres encantados agitados,
Os Ancestrais por perto,
Os Deuses nos abençoam,
O ano novo está na porta,
Estou pronto para o novo! ‘’

Agradecimento às três famílias

Dissolução do triskle

Agradecimento à Manannàn (fazer referência à pedra novamente)

Manannan, Dúntar na geataí ! ( druntã ni  guiarti > deixe os portões fechados)

Dar três voltas em volta da fogueira

“Com o três eu encerro”.

Go raibh maith agaibh – Gorav ma rragav – Muito obrigado. 

(1) Fora do perímetro do ritual, pedindo permissão para que alí o rito ocorra.

(2) (Pronúncia: Ishlãntia, tálãm, môi ãgus nãm) “Saúde*, Terra, Mar e Céu”

* Expressão utilizada também como uma saudação, um brinde, um cumprimento.

(3) Trata-se de uma pedra que eu retirei do mar, no formato de uma cabeça e que associei na hora com Manannan, passei a utilizá-la como âncora para acesso ao outro mundo e para atividades devocionais à Manannán.

(4) (Pronúncia: asclitcher na guiartí)”Deixe os portões abertos”.