Sagrada Ériu
Este é o centro do mundo,
Onde a Lia Fáil jáz imponente
E os três mundos se encontram.

Pelo Céu sobre mim,
Pelo Mar ao meu redor,
E pela Terra abaixo de mim,
Eu me levanto no centro dos mundos.

Eu reconheço esta Terra Sagrada,
Cujos Carvalhos se erguem do chão,
Que conduz meus passos
Com frutos e saberes Ancestrais.

Pela Terra abaixo de mim,
Eu Honro os Espíritos da Natureza.

Eu reconheço estas Águas Profundas,
De onde se erguem Brumas de Mistério,
Que guiam meu espírito e minha mente
Até aqueles que deixaram esta terra.

Pelo Grande Mar ao meu redor,
Eu Honro meus Ancestrais.

Eu reconheço o Fogo do Sol,
No centro deste Local Sagrado,
Que ilumina meus caminhos
E me eleva para junto dos Céus.

Pelo firmamento acima de mim,
Eu Honro os Deuses Antigos.

Diante desta Terra Sagrada
Eu reverencio os Espíritos da Natureza.

Diante deste Mar Sagrado
Eu reverencio meus Antepassados.

Diante deste Céu Sagrado
Eu reverencio os Deuses.

Eu Honro os Seres Sagrados,
Que são o princípio e o fim de tudo,
A fonte e o conhecimento,
A aurora e o crepúsculo.