Por Marina Storino Holderbaum

O texto que se segue, assim como o primeiro, contém as 3 versões, justapostas verso a verso, respectivamente: Original em Gaélico, versão em Inglês e versão em Português.

1. Ní cheil maissi dona mnáib
Temair cen taissi ar tócbáil;
fúair ingen Lugdach ‘n a láim,
tul-mag bad líach do lot-báig.

Temair free from feebleness hides not
the glory due to women for its building;
the daughter of Lugaid obtained in her possession
an open plain that it were pity to pillage.

Sem debilidade Temair não esconde
a glória que deve às mulheres que a construíram;
a filha de Lugaid obteve em sua posse
uma planície aberta cuja pilhagem trazia infortúnios.

2. 5] Ellom rogáid ben Géde
for a céle, rochúala,
dindgna dath-glan, dréim n-áine,
ba hathlam áine im úaga.

5] The wife of Gede begged a dower
from her husband, as I have heard,
the clear-hued fortress, stately ascent;
keen was the game for graves.

5] A esposa de Gede implorou por um dote
de seu marido, assim eu escutei,
a fortaleza colorida de claridade, subida imponente;
intensa era a disputa por túmulos.

3. Árus ba dún ba dindgna,
10] ba cádus, múr cen mannur,
forsmbiad lecht Tea iar tuinnem,
combad fhuilled fria hallud.

The abode was a keep, was a fortress,
10] was a pride, a rampart free from ravage,
whereon was to be the grave of Tea after death,
so that it should be an increase to her fame.

A morada era um refúgio, era uma Fortaleza,
10] era um orgulho, uma fortificação livre de destruição,
a qual deveria ser a tumba de Tea após sua morte,
para que ela aumentasse sua fama.

4. Robói ic Erimón umal
ben i ngle-medón gemel;
15] ruc uad cach roga romer;
atnóimed cech ní atbered.

Erimon the lowly had
a wife in the very midst of imprisonment;
15] she got from him all her eager desires;
he granted everything she spoke of.

O humilde Erimon tinha
uma esposa em meio ao cárcere;
15] ela teve dele todos os seus ansiosos desejos saciados;
ele lhe deu tudo o que ela pediu.

5. Brega Tea, treb tuilltech,
rocluinter úair ba haird-ben,
fert fosfail in mór mergech,
20] in róm relgech ná rairged.

Brega Tea, a teeming home,
is famed because Tea was a noble dame;
the funeral mound under which is the great one of the standards,
20] the burying ground that was not rifled.

Brega Tea, uma casa cheia,
é famosa porque Tea era uma nobre dama;
o monte funerário sob o qual está o grande em valor,
20] o terreno mortuário intacto.

6. Ingen Foraind co lín argg,
Tephi rolaind, lúaded leirg,
rochum cathraig, croda in chuird,
dia luirg rostorna is dia deilg.

The daughter of Pharaoh, with tale of warriors,
Tephi the bright, who used to cross the hill-slope,
framed a stronghold (hardy the labourer!)
with her staff and with her brooch she traced it.

A filha de Pharaoh, com conto de guerreiros,
a brilhante Tephi, que costumava atravessar a encosta da colina,
contornando um forte (dificilmente trabalhando!)
traçando-o com seu cajado e seu broche.

7. 25] Dorat ainm dia cathraig cáim
in ben co n-áib rathmair ríg;
Múr Tephi frisíoirged dáil,
asnoirged cen gráin cech ngním.

25] She gave a name to her fair stronghold,
the king’s wife gracious and lovely:
the Rampart of Tephi, who would affront an army,
whence she executed without dread any deed.

25] Ela deu um nome ao seu belo forte,
a graciosa e adorável  esposa do rei:
o bastião de Tephi, que afrontaria um exército,
de onde ela alcançaria sem temor qualquer objetivo.

8.clethi in rún ria ráda,
30] múr thair Tephi, rochúala;
fúisain sund, cen dúal dígna,
cumsat mór rígna rúama.

Not hidden is the secret place that it should not be spoken of,
30] the Rampart of Tephi in the east, as I have heard;
in such wise at that place with no unworthy tradition
did many queens build their sepulchres.

O lugar secreto do qual não se poderia falar não estava escondido,
30] o bastião de Tephi no leste, assim eu escutei;
havia muita sabedoria naquele lugar, com nenhuma indigna tradição
muitas rainhas construíram seus sepulcros.

9. Fat lethet tige Tephi,
cen trethi midit súthi,
35] sesca traiged cen tláthi,
confégsat fáthi is drúthi.

The length and breadth of the House of Tephi
not ignorantly the learned measure—
35] sixty feet in full;
diviners and druids beheld it.

O comprimento e amplitude da Casa de Tephi
a medida dos sábios não dos ignorantes—
35] seis pés no total;
adivinhos e druidas contemplaram-na.

10. Atchúala i n-Espáin uillig
ingin lesc-báin láech-buillig,
cin ó Bachtir mac Buírig;
40] dosfuc Camsón cáem-chuingid.

I have heard in many-cornered Spain
of a maiden fair and indolent, heroic in fight,
offspring of Bachtir son of Buirech;
40] Camson, gentle champion, wedded her.

Eu tenho ouvido em muitos cantos da Espanha
de uma donzela justa e indolente, heroica nas batalhas,
descendente de Bachtir filho de Buirech;
40] Camson, gentil campeão, casou-se com ela.

11. Tephi a hainm ó cech gérad;
mairg forsmélad a múrad!
ráth sescat traiged tólach
leo dorónad dia rúnad.

Tephi was her name, from every warrior;
ill-luck to him whom her entombment should wear out!
a rath of sixty feet, full measure,
was built by them for her concealment.

Tephi era seu nome, de cada guerreiro;
má sorte traria a quem quer que deteriorasse seu sepulcro!
uma rath de sessenta pés, em medida integral,
foi construída por eles para ocultá-la.

12. 45] Nístuc rí Bregoin cen brón,
ciarbo debaid la Camsón,
combeth a haisec dia hón,
cid mór cid mín cid marb-són.

45] The king of Bregon free from sorrow did not wed her,
though there was strife between him and Camson,
that the loan of her might be returned[1]
were it for better or for worse, or were she dead.

45] O rei de Bregon sem arrependimento não a desposou,
embora houvessem conflitos entre ele e Camson,
de que a mão dela devia ser devolvida[2]
fosse para melhor ou para pior, ou ela estaria morta.

13. Erlam Camsóin, ní clethe,
50] Etherún, ba herchrede,/l[gt ]
is slúag na nglas-derc nglethe
úad fri tassec trén-Tephe.

The tutelar of Camson, not hidden,
50] Etherún (he was transitory),
and the grey-eyed pasturing host
were sent by him as a pledge for the restitution of mighty Tephi.

O protegido de Camson, sem se ocultar,
50] Etherún (ele foi temporariamente),
e a tropa camponesa de olhos cinzentos
foram mandados por ele como garantia da restituição da poderosa Tephi.

14. Ec trúag Tephe tánic túaid,
nír gním clethe fri hóen-úair,
55] Camsón ro léic luing cen lúaig
lé dar tuind sáili sóeb-úair.

The sad death of Tephi who came to the north,
was a deed not concealed for a moment;
55] Camson launched a vessel without payment
with her over the surface of the cold and treacherous sea.

A triste morte de Tephi que veio para o norte,
foi um acontecimento que não foi em nenhum momento escondida;
55] Camson lançou sem compensações um navio
com ela sobre a superfície fria e traiçoeira do mar.

15. Roscart bár Bretan ó’n brúch,
ar ba hetal Etherún,
co marblaig fria mess ‘sin múr
60] tess forstarblaig Tephi-rún.

The chief of Britain sent them from the shore,
(for Etherun was pure;)
with the lifeless body to do it honour in the rampart
60] in the south, on which settled the name Tephirún.

O Soberano da Bretanha enviou-os da costa,
(pois Etherun era puro;)
com o corpo sem vida para fazer as honras na fortaleza
60] no sul, aonde se estabeleceu o nome de Tephirún.

16. Is fon samla-sin sunna
gníth co calma a cét-chuma
Temrach, cen táidlius trumma,
ar áibnius, ar étrumma.

It was after this likeness in this place
was made boldly the first frame
of Temair, that has no match nor mate
for beauty and for gaiety.

Foi após este acontecimento neste local
que foi feito corajosamente a primeira camada
de Temair, que não tem nenhuma comparação ou companheiro
em beleza ou em merecimento.

17. 65] Temair cech n-ard cech n-irgna
forsmbít sosta so-dindgna;
Temair cech mbennach mbirda,
acht mad Emain airirgna.

65] ‘Temair’ is the name of every lofty and conspicuous spot
whereon are dwellings and strong keeps;
‘Temair’ is the name of every peaked and pointed hill
except the far-seen Emain.

65] ‘Temair’ é o nome de cada local nobre e proeminente
que são moradias e fortificações;
‘Temair’ é o nome de cada vale alto e afiado
exceto pela longinquamente vista Emain.

18. Temair tuathi ocus tigi
70] cen luathi cen laech-miri,
mathair anai cech fhini,
co nosbrathaig baeth-bini.

Temair of the cantred, and of the house,
70] without hurry, without frenzy of heroes,
was mother of the wealth of every tribe
till a foolish crime destroyed her.

Temair dos cantred[3], e da casa,
70] sem pressa, sem agitação de heróis,
era mãe da riqueza de cada tribo
até que um crime insensato a destruiu.

19. Ba targa triath ocus tor,
ba hadba niath, níth co neim;
75] Temair cen taissi cen tráig
a maissi do mnáib ní cheil. D.

It was a shield of lords and chiefs
it was a home of heroes, valiant in fray,
75] Temair free from feebleness and faintness
hides not its glory from womankind.

Era um escudo de nobres e soberanos,
era um lar de heróis, corajosos nas batalhas,
75] sem debilidade e desanimo Temair
não esconde sua glória das mulheres.

Dados da fonte e versões:

Versão em Português Marina Storino Holderbaum

Fonte original em Gaélico e versão em Inglês por Gwynn Eduard em 1906 segundo dados apresentados pelo projeto CELT: Corpus of Electronic Texts no corpo da edição digital aqui referida, conforme referências abaixo:

Edição usada na publicação digital:

GWYNN, Edward (ed). The Metrical Dindshenchas. in Volume 1Edward Gwynn, Second reprint [xi + 82 pp.] Dublin Institute for Advanced Studies. Dublin, 1991 (first published 1906) (reprinted 1941).

Edição digital: 

CELT: Corpus of Electronic Texts: a project of University College, Cork College Road, Cork, Ireland. http://www.ucc.ie/celt

http://www.ucc.ie/celt/published/G106500A/index.html


[1] [lit.] that there should be restitution of her from her loan. From The Metrical Dindshenchas (Author: [unknown]), p.9 (poem 3.2)

[2] Que deveria haver uma restituição dela por sua mão. Tradução relativa à citação anterior

[3] Cantred corresponde a divisões administrativas também chamadas de baronies, que surgiram após as invasões Normandas e subdividiu a Irlanda em pequenos territórios.